Faça uma doação ao Blog PTlhando New's

domingo, 12 de setembro de 2010

@@@ Ombudsman da Folha de S.Paulo acusa jornal de ser parcial na cobertura eleitoral


Em um de seus textos mais contundentes, jornalista diz que publicação escondeu informações de seus leitores

Do R7

A ombudsman da Folha de S.Paulo, Suzana Singer, fez uma dura crítica ao jornal em sua coluna publicada na edição deste domingo (12) sobre o modo como a publicação vem “se dedicando a revirar vida e obra” da candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff. O jornal é acusado de ter dado um destaque que “não se justifica jornalisticamente” a uma questão sobre valores de contas de luz e de ignorar a reação dos leitores sobre isso no Twitter – ela diz que recebeu, até quinta-feira (9), mais de 45 mil mensagens anti-Folha.

Um ombudsman é uma espécie de ouvidor, encarregado de criticar e apontar eventuais falhas dentro de uma instituição. Ela destaca em seu texto que a Folha “foi à Bulgária conversar com parentes que nem a candidata conhece, levantou a fase brizolista da ex-ministra, suas convicções teóricas e até uma loja do tipo R$ 1,99 que ela teve com uma parente no Sul”.

-Tudo isso faz sentido, já que Dilma pode se tornar presidente do Brasil já no primeiro escrutínio que disputa. Mas, no domingo passado, o jornal avançou o sinal ao colocar na manchete "Consumidor de luz pagou R$ 1 bi por falha de Dilma".

A ombudsman diz que o problema nem era a reportagem, "mas dar tamanho destaque a um assunto como este não se justifica jornalisticamente”, diz o texto.

Singer aponta que a reportagem da Folha “dava um peso indevido ao que se tinha apurado”, ao dizer que “a propaganda eleitoral apresenta a candidata do PT como uma ‘eficiente gestora’, mas que ‘um erro coloca em xeque essa imagem’”.

- Essa tem que ser uma conclusão do leitor, não do jornalista.

A manchete “forçada” da Folha, mais o escândalo da Receita sobre a quebra de sigilo fiscal de pessoas ligadas ao candidato da oposição, José Serra (PSDB), “desequilibrou a cobertura eleitoral”.

- Dilma está bem à frente nas pesquisas de intenção de voto e isso é suficiente para que se dê mais atenção a ela do que a seu concorrente, mas, há dias, José Serra só aparece na Folha para fazer "denúncias". Nada sobre seu governo recente em São Paulo. Nada sobre promessas inatingíveis, por exemplo.”

Matéria Completa, ::Aqui::

Nenhum comentário:

Postar um comentário